Veja como “Seven Nation Army” do White Stripes, chegou às arquibancadas dos estádios da Rússia

Quando a gente acha que o rock morreu pra sempre, ele dá um jeito de ressurgir como uma fênix e nos empolgar mais uma vez. Desta vez, ele renasceu durante a Copa da Rússia na forma da música que assombra o futebol europeu há pelo menos uma década: “Seven Nation Army”, hit dos White Stripes lançado lá em 2001. O riff de guitarra que domina o refrão da música, provavelmente o mais instantaneamente reconhecível desde “Satisfaction”, é cantado pelas torcidas cada vez que alguma seleção entra em campo antes de um jogo.

Nem mesmo a criatividade dos brasileiros com o novo “Olê, olê, Brasil, olê!” é capaz de encobrir o que ecoa em meio á multidão apaixonada pela bola, mas ligada no som do rock.

Talvez porque, de alguma maneira, anos antes que essa relação afetiva chegasse à Copa, “Seven Nation Army” e futebol já estavam intimamente ligados no imaginário popular. Isso fica claro só pelas centenas de vídeos no YouTube com cenas de grandes gols ou melhores momentos de, por exemplo, Neymar e Ibrahimovic que têm faixa como trilha — alguns que datam de até nove anos atrás. Mas como essa associação, hoje tão óbvia, começou?

Segundo uma matéria do The Guardian, tradicional diário inglês, em 2006 a faixa ficou conhecida entre os italianos como “The Po Po Po Po Song” e se tornou o hino da vitória da Itália na Copa de 2006. Daí pra frente, o riff de “Seven Nation Army” se firmou como a trilha sonora de diversos momentos de vitória no futebol, foi música oficial da Euro Copa de 2008, virou tema de Mascherano no Liverpool, e agora retorna como hino da Copa na Rússia, já tão modificada durante esses anos de popularidade no futebol que até o tom dos cantos é diferente do da música original.

Perguntaram até pro Jack White, líder e compositor dos White Stripes, o que ele achava disso tudo lá em 2006, ao que ele disse que “nada é mais belo na música do que quando as pessoas abraçam uma melodia e permitem que ela entre no panteão da música folclórica.”

O pessoal do Vice, maior grupo de mídia global do mundo focada em jovens e que construiu este conteúdo sobre a febre de “Seven Nation Army” escreveu: “Se vocês querem saber da minha sincera opinião, pra mim já deu de “Seven Nation Army”. Estou esperando ansiosamente os jogadores entrem no estádio na Copa de 2022 ao som da torcida cantando “Gucci Gang”, sucesso no álbum de Lil Pump.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*