Vacilões: Assaltantes são presos depois de terem celulares roubados rastreados pela polícia

Grupo de roubo a ônibus também é acusado de integrar quadrilha de traficantes de drogas

Integrantes da quadrilha apreendida nesta quarta-feira foram apresentados pela polícia(Foto: Divulgação/SSP)

Em uma ação do Grupo Especial de Repressão a Roubo em Coletivos(Gerrc), que rastreou um celular roubado, cinco traficantes e assaltantes de ônibus foram presos, na manhã desta quarta-feira(18), na localidade da Baixa da Soronha, em Itapuã. Marcone Cléber Lima, 35 anos, gerente do ponto de tráfico, Carlos Alessandro Rebouças, 23, Marcelo Santos Souza, 23, Danilo Santos de Jesus, 25, e Valdeílson Santos Silva, 24, foram flagrados pelos investigadores, quando faziam a troca de celulares por drogas.

No local foram apreendidos dois radiocomunicadores, munição, um carregador de pistola, balanças, maconha, crack e cocaína, além de quatro celulares roubados. Marcone é considerado braço direito do traficante Denis Dias Gomes, conhecido como Mantena, ainda procurado pela polícia. De acordo com os investigadores que participaram da operação, até uma prancha de surf era usada para despistar a ação dos assaltantes de ônibus.

Material apreendido com o grupo(Foto: Divulgação/SSP)

Segundo o delegado José Nélis, titular do Gerrc, a equipe da Polícia Civil chegou ao ponto de venda de drogas através do rastreamento do sinal de GPS de alguns celulares roubados. “Já vínhamos investigando essa quadrilha e os sinais dos aparelhos sempre deixavam de ser emitidos nessa localidade”, explicou Nélis, lembrando que todos os cinco também vão responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Ainda de acordo com ele, o trabalho da unidade especializada tem sido acompanhar desde o roubo dos coletivos, o desdobramento desses casos, até chegarem aos receptadores, sejam nas feiras ou nos pontos de venda de entorpecentes. “Faço aqui um apelo para que as pessoas não comprem celulares que não saibam a procedência, senão, quando adquirem esses aparelhos oriundos de roubos, principalmente a coletivos, estão alimentando esse círculo vicioso”, disse o delegado. Os cinco presos seguem nesta quinta-feira (19) para audiência de custódia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO


*