Traficante é preso pela terceira vez pelo mesmo crime, em menos de um ano

O encontro na rua com o criminoso que já tinha sido levado para as grades outras duas vezes, irritou os policiais

Alex foi preso pela terceira vez, segundo a polícia, pelo mesmo tipo de crime(foto: Divulgação/SSP)

Para policiais militares, nada pior do que reencontrar pessoas que já foram presas, cometendo o mesmo crime e terem que ser presas outra vez. Pior é quando o criminoso está livre sem ter cumprido pena e apenas curtindo a liberdade por causa da fragilidade da lei. Este foi o caso de Alex Jesus dos Santos, 22 anos, flagrado negociando drogas ontem(31) à noite.

A prisão foi feita por equipes da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em uma área do subúrbio ferroviário de Salvador, quando o Pelotão Especial Tático Ostensivo(Peto) realizada patrulha na Fazenda Coutos III. Ao abordar Alex, na Rua 35, descobriram que ele carregava 121 trouxas de maconha, sete tabletes da mesma droga e 14 pinos de cocaína.

Alex foi apresentado, na 5ª Delegacia de Polícia de Periperi, onde, após consultas, se constatou que ele possuía duas passagens, uma no início de 2018 e outra, no ano passado, pelo mesmo tipo de crime.

Irritados com a situação, os policiais esperam, agora, que a justiça não relaxe a prisão de Alex, fazendo o mesmo permanecer preso até julgamento final.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*