Terror: Foto de bebê refugiado morto na praia choca o mundo

A insanidade de uma guerra entre adultos, continua a fazer vítimas inocentes

A mãe de Mohammed Shohayet também morreu, de acordo com o pai que conseguiu sobreviver durante a fuga

A foto mostra o corpo de uma criança que perdeu a vida durante a travessia de um rio para fugir do seu país. Com apenas 16 meses, Mohammed Shohayet, é uma das muitas vitimas da crise de refugiados rohingya, uma das comunidades mais perseguidas do mundo e que está sendo obrigada a abandonar o Bangladesh rumo a Myanmar.

Corpo do bebê é guardado por policiais em uma praia de Myanmar
Corpo do bebê é guardado por policiais em uma praia de Myanmar

Durante a travessia do rio para fugir do país, também a mãe e o irmão mais velho de Mohammed Shohayet morreram.

O canal de notícias CNN faz o paralelo com outra terrível fotografia que nos vem à cabeça: a de Alan Kurdi, o menino que se tornou símbolo da guerra na Síria e do terror que famílias inteiras passam ao tentar fugir de um país em guerra.

O pai de Mohammed Shohayet falou à CNN e mostrou a sua dor. “Quando vejo a fotografia, sinto que prefiro morrer. Não há razão para estar neste mundo”, desabafa Zafor Alam, pai do bebé.

Zafor falou do terror que a sua população vive todos os dias. “Na nossa aldeia, há helicópteros a atirar sobre nós. Não podemos ficar na nossa casa, temos de fugir e esconder-nos na mata. Os meus avós foram queimados até à morte. A nossa aldeia foi completamente queimada por militares. Não sobrou nada”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO