Sábado tem mais: Grupo Canela fina faz segunda edição do Bailinho de Carnaval

Canela Fina tra ritmos que passeiam pelo Brasil contando histórias

(Foto: Heder Novaes/Divulgação)

Com um repertório carnavalesco escolhido cuidadosamente para divertir e enriquecer a experiência musical da criançada, o Grupo Canela Fina repetirá o sucesso do seu Bailinho de Carnaval no próximo sábado(18), a partir das 16h, na Arena do Teatro SESC SENAC Pelourinho. A festa acontecerá em clima de pré-Carnaval com um show especial voltado para toda família.

As canções escolhidas pelos integrantes do Canela Fina trazem ritmos que passeiam pelo Brasil contando histórias. Como um verdadeiro aquecimento para o Carnaval, o grupo vai apresentar músicas autorais e de domínio público em versões que abrangem estilos musicais como samba, samba reggae, frevo, entre outros ritmos tradicionais que caracterizam a maior festa popular do mundo. Instrumentos como bateria, baixo, percussão, trompete, guitarra e guitarra baiana vão compor o som que promete tirar todo mundo do chão.

Além de propor um baile à fantasia para os pequenos, criando um ambiente fértil para a imaginação da criançada, o evento vai unir diversão e educação musical, apresentando às crianças canções com arranjos próprios e instrumentações variadas, aperfeiçoando a percepção e a apreciação musicais delas. A sonoridade atrai crianças de todas as idades, incluindo adultos, que irão se divertir mergulhando na magia do Carnaval e perceber a importância de estar ao lado das crianças em atividades voltadas para o público infantil.

O Grupo – O Canela Fina surgiu no cenário de Salvador em 2010 com o intuito de fazer música com e para as crianças. Atualmente, o grupo é composto por Angelita Broock (voz e flauta), KamileLevek (voz e guitarra), Carla Suzart (voz e baixo), Diogo Flórez (voz e percussão), Gabriel Sarno (voz e bateria) e nesta temporada de verão conta coma participação de Fernando Isais (trompete).

O grupo desenvolve na Casa do Canela Finaum programa educacional em forma de curso de Musicalização Infantil (de 0 a 6 anos) e do Conjunto Instrumental (6 a 10 anos), auxiliando na relação afetiva entre pais e filhos. As atividades musicais – que utilizam instrumentos como caxixis, chocalhos, metalofones e objetos do cotidiano como baldes, copos, colheres e panelas – contribuem tanto para o desenvolvimento das habilidades perceptivo-musicais quanto o desenvolvimento auditivo, motor, cognitivo e social, além de ajudar a fortalecer a relação afetiva entre pais e filhos.

As músicas do Canela Fina passeiam por diversos estilos e possuem temas do universo infantil, compostas pelos integrantes do grupo ou amigos e também versões de canções de domínio público. Além disso, elas abordam indagações e necessidades de profissionais que desenvolvem pesquisas científicas nas áreas de Educação Musical, Psicologia da Música e Arteterapia,que têm preocupação específica com formas de ensino e aprendizagem infantil por meio da música.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO