Riachão foi o grande homenageado no desfile da Mudança do Garcia

Circuito por onde passa o tradicional e irreverente bloco foi batizado com o nome do cantor

Aos 94 anos, o cantor e compositor Riachão disse não ter palavras para agradecer homenagem (Foto: Sílvio Tito / Agecom)

O cantor e compositor Clementino Rodrigues, mais conhecido como Riachão, de 94 anos, foi o principal homenageado da tradicional Mudança do Garcia, que desfilou na tarde desta segunda-feira (8) pelo circuito que leva o nome do sambista, do bairro do Garcia em direção ao Campo Grande.

Com muita irreverência, o desfile fez várias referências musicais aos antigos carnavais, como explicou o coordenador Wellington Fera. “Optamos por realizar uma dupla homenagem este ano. A reverência a Riachão se deve à sua história que se confunde com o próprio samba da Bahia, e pelo fato de ele ter nascido e se criado para o mundo no bairro do Garcia. Ele viu a Mudança nascer então, nada mais justo do que dar este presente para este símbolo da música e do Carnaval em nossa cidade”.

Riachão foi literalmente fisgado de sua varanda para o trio principal da Mudança. E soube agradecer como poucos à homenagem feita pela Prefeitura, ao dar seu nome ao circuito, e ao próprio movimento contestador que se concentra há alguns metros de sua casa. “Estou muito feliz. Agradecendo a Deus por essa bondade, este carinho das autoridades, que tiveram este amor para comigo. Já não tenho palavras para agradecer, então peço a Deus que cada vez mais abençoe estas pessoas maravilhosas, as autoridades que só fazem bem para a classe artística, assim como à imprensa, que também agradeço de todo o coração pela presença”, comentou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*