Protestos em vão: Árbitro trapalhão vai comandar Bahia e Sport, na Arena Fonte Nova

Bahia e Federação Bahia de Futebol protestaram contra o árbtro da última partida e pediram mais "critério" à CBF

Não adiantaram os protestos da direção do Bahia e da Federação Bahiana de Futebol: a Confederação Brasileira de Futebol vai mandar para Salvador, Francisco Carlos do Nascimento, um árbitro famoso por algumas trapalhadas em campo, além de não estar participando da escala normal da entidade, em jogos de grande porte. Ele vai apitar Bahia e Sport de Recife, quarta-feira, na Arena Fonte Nova.

Filiado à Federação Alagoana de Futebol, Francisco vai ser auxiliado Esdras Mariano de Lima (CBF) e Rondinelle dos Santos Tavares (CBF) , também alagoanos.

Este vai ser o terceiro jogo de 2017 em que Francisco participa de uma escala de competição promovida pela CBF. A última vez que ele apitou foi no dia 15 de fevereiro, no empate entre Ceilândia e ABC, pela primeira fase da Copa do Brasil.  Não é difícil encontrar notícias envolvendo polêmcias sobre o alagoano escalado para a decisão da Copa do Nordeste. Em 2011 ele marcou pênalti inexistente de Martinuccio, do Corínthians, em Luan, do Palmeiras, convertido pelo meia Valdívia.

A marcação de um pênalti contra o Bahia em setembro de 2014, na partida contra o Coritiba, pela Série A, também ficou famosa e foi destaque na imprensa de todo o Brasil. Após muita reclamação da torcida e revolta dos jogadores do Bahia, Francisco desmarcou o pênalti e a nova decisão revoltou os jogadores do Coritiba.árbitro árbitro2

 

SEM COMENTÁRIOS