Fiscais emitem mais de 250 notificações para camarotes e outras estruturas do Carnaval 2018

Ação da Prefeitura de Salvador foi nos dois circuitos da festa onde tudo já está sendo montado para a festa de fevereiro

Fiscalização nos primeiros dias de montagem das estruturas do carnaval da Bahia visa corrigir problemas que podem trazer riscos(Foto: Jefferson Peixoto/Divulgação)

Uma operação realizada durante o sábado(6), resultou na emissão de 258 notificações para camarotes, praticáveis, balcões e donos de imóveis localizados nos circuitos para cuidados com os passeios, ordenamento de estabelecimentos comerciais e demais atividades que estão sendo preparadas para o Carnaval 2018. A ação foi feita por fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo(Sedur), nos circuitos Dodô(Barra/Ondina) e Osmar(Campo Grande/Castro Alves).

Dois camarotes – Nana e Harém – e dois praticáveis foram notificados sobre os cuidados com a montagem. Os fiscais também notificaram donos de estabelecimentos do entorno da festa para que evitem comercializar bebidas em garrafas de vidro. Já os proprietários de imóveis da região do evento devem fazer as adequações necessárias nas calçadas.

Os moradores também receberam orientação, principalmente na região do Campo Grande e Avenida Sete, a não utilizarem as marquises no Carnaval. A medida é proibida por lei para evitar acidentes e garantir mais segurança ao público.

O secretário da Sedur, Sérgio Guanabara, ressalta a necessidade da realização desse trabalho preventivo para garantir a segurança dos foliões e de quem trabalha na festa, assim como o ordenamento. “Estaremos diariamente nos circuitos para fiscalizar e orientar os responsáveis pelas estruturas, assim como os moradores. Todos devem se adequar às normas de segurança requeridas para um evento de grande porte que é

SEM COMENTÁRIOS