Prefeitura libera obra do metrô na área do bambuzal do aeroporto de Salvador, que tinha sido embargada

Embargo ocorreu em 20 de janeiro, sob alegação de danos ambientais e falta de licença

Obra foi embargada pela Prefeitura de Salvador, sob alegação de que a CCR não obteve licença ambiental do município(Foto: #AnB)
A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) desembargou a obra da CCR Metrô na área do bambuzal do Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, após apresentação, ontem(20), de um novo projeto pela empresa ao município. Diferentemente do primeiro, o novo projeto atende aos critérios de licenciamento de obras da Prefeitura e à exigência da Sedur de não interferir mais na área do bambuzal, o que ensejou o embargo feito pelo município, em função da retirada da vegetação.
A Sedur condicionou ainda a liberação da obra à recuperação da área degradada. “A CCR nos apresentou uma nova solução, preservando o bambuzal. Esse fato em si revela que se pode promover um desenvolvimento econômico sustentável, preservando o meio ambiente”, afirmou o secretário da pasta, Sérgio Guanabara.
A Sedur havia embargado a obra no dia 20 de janeiro, por não possuir o licenciamento ambiental da Prefeitura e pela poda irregular do bambuzal. Além disso, a concessionária foi autuada e multada pela supressão de parte da vegetação do local.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*