Prefeitura de Salvador lança edital para contratação de empresa de limpeza urbana

Após todas as etapas legais, as empresas ou consórcios vencedores da licitação assinarão um contrato com vigência de dois anos

O edital de licitação para a prestação de serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos em Salvador foi publicado terça-feira(8) nos sites da Prefeitura, da Secretaria Municipal de Ordem Pública e da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador(Limpurb), além do aviso no Diário Oficial do Município(DOM). Com isso, as empresas e consórcios interessados em participar poderão enviar as propostas ao órgão. Se não houver impedimento, em até 40 dias serão divulgados os vencedores da licitação.

Para a conclusão do edital, foram realizadas duas audiências públicas, com ampla divulgação na imprensa, e que contaram com a presença do titular da Semop, Marcus Passos, do então presidente da Limpurb, Kaio Moraes e de representantes do Ministério Público do Estado e do Tribunal de Contas do Município (TCM). As reuniões ocorreram no auditório do Parque Social, no Parque da Cidade e na unidade administrativa da Prefeitura-Bairro Subúrbio-Ilhas. Além disso, a minuta do edital ficou disponível por 15 dias para consulta pública nos três sites da administração municipal.

Dentre os serviços que deverão ser realizados pelas empresas ou consórcios vencedores, estão coleta e manejo de resíduos, sendo eles sólidos, volumosos recicláveis ou de poda de árvores; varrição manual e mecanizada de logradouros públicos e praias; lavagem de vias públicas; limpeza de lagoas, espelhos d’água e feiras livres; roçagem; e a promoção de serviços essenciais em operações especiais como o Carnaval.

Com a proposta de tornar o processo mais democrático, a Limpurb setorizou a cidade em três lotes, sendo dois dividindo a capital e um compreendendo as ilhas, a fim de que cada empresa ou consórcio vencedor fique responsável por uma dessas áreas. Sendo assim, cada empresa ou grupo de empresas só poderá concorrer para prestação de serviços num único lote. Cada consórcio terá um limite máximo de cinco empresas, sendo que cada participante do grupo deverá ter capacidade técnica, isoladamente, para executar pelo menos um serviço estabelecido no edital.

Para participar da licitação, será necessário que as empresas possuam veículos compactadores zero km, habilitação jurídica para constituição do consórcio – caso escolham essa modalidade -, qualificação financeira, entre outros quesitos. Após todas as etapas legais, as empresas ou consórcios vencedores da licitação assinarão um contrato com vigência de 24 meses.

Contêineres

Atrelado à terceirização dos serviços de limpeza, em breve serão lançados dois editais para a aquisição de 20 contêineres subterrâneos e 16 Ecopontos na cidade. As empresas ou consórcios vencedores só serão pagos após darem início à operação.

Atualmente, Salvador dispõe de cinco contêineres subterrâneos na cidade localizados no Porto da Barra, próximo ao Farol Santa Maria, Farol da Barra, Candeal e Comércio. Esses equipamentos são exclusivamente para o descarte de resíduos úmidos e têm capacidade para 2,5 toneladas de resíduos cada.

Já os dois ecopontos da cidade (um no Itaigara e o outro em Santa Cruz) recebem entulho e materiais inservíveis. A capacidade de descarte dos resíduos por pessoa é de até 2m³, equivalente a 50 latas, 20 carrinhos de mão ou 45 sacos de aniagem, acima dessa quantidade, o gerador precisa contratar uma empresa autorizada, que levará o lixo para o Aterro Águas Claras Ambiental, na Rua do Bico Doce, no bairro da Palestina.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*