Prefeito investigado pela PF por desvio de dinheiro é recebido com festa em Mirangaba

Após um dia de tensão na pequena cidade da microrregião de Jacobina, a noite foi de festa para uma parte da população

Seguidores políticos do prefeito e funcionários públicos, além de amigos, foram recepcionar a volta do prefeito Dirceu depois da saída dos federais (Foto: Leitor/#AnB)

O prefeito Dirceu Mendes Ribeiro (PSL), foi recebido com festa na noite desta sexta-feira, pela população da cidade de Mirangaba, no Piemonte da Chapada Diamantina, no mesmo dia em que a casa dele foi ocupada por agentes da Polícia Federal, em busca de provas do desvio de, pelo menos, R$ 300 mil dos cofres municipais, para a compra de gado e de propriedades rurais.

A festa ocorreu no começo da noite, depois que foi anunciada a chegada do prefeito, de volta à cidade, já que no momento da ocupação dos federais para cumprimento de mandados de busca e apreensão, ele estaria em Salvador. Na capital, ele teria aguardado o resultado da operação, para só então viajar de volta para Mirangaba, a 330 km de distância.

O grande temos de muitas pessoas ligadas ao prefeito era de que ele pudesse ser preso, por isso, houve um clima de grande expectativa, pois ninguém tinha informações sobre a possibilidade de algum mandado de prisão. Porém, ao saber que a justiça determinou somente busca e apreensão de documentos e outras provas do desvio de dinheiro, ele voltou e foi recebido com festa.

O #AgoraNaBahia teve acesso às fotos que mostram o grande carnaval que os aliados de Dirceu Mendes fizeram em Mirangaba, sob os olhos assustados de outros que entenderam a manifestação como um “afronta” à justiça. Foi o que disse, por telefone, um leitor do #AnB que preferiu não ter o nome revelado. “Assim é complicado ver o Brasil ir adiante”, desabafou.

Foto tirada da sacada da casa do prefeito, com dezenas de pessoas reunidas (Foto: Leitor/#AnB)
Foto tirada da sacada da casa do prefeito, com várias pessoas reunidas (Foto: Leitor/#AnB)

Além de dezenas de pessoas terem ficado por várias horas concentradas na porta da casa do prefeito, na rua Juraci Magalhães, muitas pessoas saíram em carreata pelas ruas da cidade que tem cerca de 15 mil habitantes. Foi o mesmo local onde os agentes da PF pararam os carros durante toda a manhã. Onde havia um carro da federal, foi colocado um carro com potentes caixas de som tocando forró e animando as pessoas.

A manifestação contou, principalmente, com grande número de funcionários da prefeitura e de secretários.

Admiradores políticos do prefeito Dirceu saíram em carreata e buzinaço pelas ruas de Mirangaba (foto: leitor/#AnB)
Admiradores políticos do prefeito Dirceu saíram em carreata e buzinaço pelas ruas de Mirangaba (foto: leitor/#AnB)

O prefeito de Mirangaba está sendo investigado pela Operação Misore, que ontem (08), cumpriu 17 mandados em Mirangaba e em Campo Formoso, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada na ocultação de desvio de dinheiro público que, supostamente, foram utilizados para a aquisição de gado e de propriedades rurais.

Em algumas redes sociais, a “volta pra casa” em liberdade, também foi registrada e está sendo divulgada. Com o título o nosso gestor sendo recebido pelo povão, uma funcionária pública bem próxima à família do prefeito, postou fotos em diversos ângulos, em uma montagem que mostra todos sorridentes com a chegada de Dirceu para continuar om trabalho na Prefeitura de Mirangaba.

Usuária do Instagram fez questão de postar momentos da festa de retorno do prefeito, com várias fotos (Foto: Reprodução/Instagram)
Usuária do Instagram fez questão de postar momentos da festa de retorno do prefeito, com várias fotos (Foto: Reprodução/Instagram)

A ação foi mais um desdobramento da operação “Águia de Haia”, realizada em julho de 2015, que descobriu um esquema criminoso de desvio de recursos públicos em várias prefeituras do estado. Pelas informações divulgadas através da assessoria de imprensa da PF, só dos cofres da Prefeitura de Mirangaba, foi comprovado um desvio de quase R$300 mil reais, mas esse valor pode ser bem maior, chegando a cerca de R$800 mil, de acordo com as investigações.

Veja o vídeo com a festa da sexta-feira à noite, em Mirangaba.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*