Paulista desaparece em São Paulo é vista na Bahia mas volta a sumir; família está em pânico

De acordo com a família, a mulher saiu de casa para ir a um salão de beleza e nunca mais voltou

A paulista Viviane Maria Lima, que desapareceu em 27 de dezembro do ano passado em Santos, onde mora com a família, pode estar em Salvador, de acordo com registro feito pela família, em boletim de ocorrência registrado na 14ª Delegacia de Polícia. A informação é de que Viviane teria sido vista no Morro do Gavazza, na Barra.

O pai de Viviane, Florêncio Pedro Lima, fez o primeiro registro do sumiço da filha em uma delegacia de Santos, no começo da noite do dia 27 de dezembro de 2017. Ele contou que a ela saiu de casa dizendo que iria a um salão de beleza, mas nunca apareceu por lá. Daí em diante, começaram as buscas e as notícias sobre a localização dela, foram aparecendo. Uma delas, informou que Viviane estava na capital paulista.

Através de redes sociais, a família espalhou a notícia sobre o sumiço de Viviane e deu mais detalhes. A moça tem 36 anos, curso superior completo e tem histórico de problemas mentais. um deles, o transtorno bipolar, uma doença psiquiátrica crônica que se caracteriza por instabilidade de humor.

A delegada Carmen Bittencourt, titular da 14ª DP, conta que a mãe de Viviane fez contato com ela para contar que a filha foi vista na Barra, vendendo picolé e que estaria morando no Morro do Gavazza, no mesmo bairro. Mas logo após essas informações terem chegado ao conhecimento da família, Viviane sumiu, de novo, segundo a delegada, levando todos os pertences.

O caso foi também informado pela 14ª DP, à Delegacia de Proteção à Pessoa, que, nesta terça-feira, distribuiu um cartaz eletrônico com uma foto e detalhes sobre a desaparecida, onde consta o telefone (071)3116-0357 para qualquer informação. Outros números também podem ser usados: 071 3235-0000 ou o 181, para quem estiver no interior da Bahia. 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*