Lei que proíbe cobrança diferenciada de preços entre homens e mulheres é oportuna, diz advogado

Breno Novelli fala da nova determinação do Governo Federal que vale para casas de shows, onde não pode mais haver ingressos "femininos", prática muito comum em todo o país. Valores têm que ser iguais, agora.

SEM COMENTÁRIOS