Jogos Estudantis da Rede Pública começam esta semana na Arena Fonte Nova

Mais de 700 estudantes da rede pública, da capital e de diversas cidades do interior, vão participar dos Jogos Estudantis da Rede Pública(Jerp), dentro do 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual, que acontece entre os próximos dias 21 e 23, das 8h às 18h, com entrada gratuita, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O Jerp integra a programação do Encontro Estudantil, que reunirá mais de 4 mil estudantes expositores de projetos de arte, ciência, cultura, esporte, empreendedorismo, tecnologia e inovação, desenvolvidos pela Secretaria da Educação do Estado, durante o ano letivo de 2016, para dinamizar o ambiente escolar e promover o protagonismo estudantil.

O Jerp envolverá competições de basquete, futsal, handebol, judô, vôlei, rugby e capoeira, que serão realizadas no nível 3 da Arena Fonte Nova. Já as competições de xadrez serão no nível 6. O Jerp tem o objetivo de realizar a integração entre os estudantes da rede pública da Bahia, a partir de uma experiência fomentadora de valores, como respeito à diversidade e cooperação, bem como socializadora da diversidade cultural, advinda dos 27 Territórios de Identidade do Estado. Assim como nos demais projetos, os atletas também passaram por seletivas escolares e territoriais do Jerp.

Os estudantes da Educação Inclusiva do Colégio Estadual Vitor Soares, no bairro Ribeira, em Salvador, também participarão do Jerp, com a equipe de basquetebol formada por 24 estudantes com necessidades especiais. O jogo leva em conta exercícios educativos necessários para a aprendizagem da modalidade, privilegiando mais a participação do que o desempenho técnico dos seus componentes.

Rugby e capoeira

A novidade para este ano é a inclusão da competição do rugby, esporte coletivo de intenso contato físico, originário da Inglaterra. A modalidade terá a participação de 250 competidores, de 33 unidades escolares. O rugby proporciona a socialização dos estudantes em momento lúdico, oferecendo experiências complexas e desafiadoras, que contribuem para a afirmação de suas competências, além de promover a melhoria nas relações sociais e na saúde, podendo desenvolver a autossuperação, o autocontrole, a confiança e a criatividade, fatores importantes para educação geral de crianças e jovens.

Outra atração que os visitantes poderão checar no Jerp é o Festival de Capoeira, com a participação de 150 estudantes, incluindo os com necessidades especiais, que estarão envolvidos nas oficinas ministradas por mestres e capoeiristas conceituados. A atividade propõe, por meio da dança, da luta e do jogo, divulgar, democratizar e qualificar a inserção e manutenção desse elemento da cultura afro-brasileira no espaço escolar.

Xadrez

O jogo de xadrez, que vem estimulando o aprendizado na disciplina de Matemática nas escolas da rede estadual, levará 150 estudantes para o Festival de Xadrez. A atividade está se tornando um importante instrumento pedagógico, ajudando no desenvolvimento da relação ensino-aprendizagem, pois desenvolve habilidades cognitivas, como atenção, concentração, raciocínio lógico, memória, organização de ideias, antecipação, espírito de decisão, autocontrole, disciplina e perseverança.

Programação

O Encontro envolverá ainda a Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia (FECIBA), além dos festivais de judô, xadrez, capoeira e rugbyb, além de basquetebol especial, voleibol, futsal, handebol, basquete e vôlei, dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP). O encontro contará, ainda, com a Feira de Tecnologias Sociais da rede Estadual de Educação Profissional e Tecnológica da Bahia: território e intervenção social e com o Espaço Professor/Empreendedor.  A atividade inclui a tenda digital, além de Simulador de Voo, competições de Robótica e a Caixa Preta, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura.
Na programação, ainda, constam o segundo Encontro Estadual de Líderes de Classe, Exposição dos 10 anos do programa Todos pela Alfabetização (TOPA), contação de histórias, oficinas indígenas, apresentação de fanfarra e Transmissão do evento, ao vivo, para os estudantes das telessalas de aula do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). A atividade marcará, ainda, os lançamentos da Plataforma Anísio Teixeira e do Programa ‘Nas Ondas da Rede’ da Rádio Anísio Teixeira, a realização de palestras sobre a vida e obra de Anísio Teixeira, bem como de apresentações sobre o Instituto Anísio Teixeira e centros de formação de profissionais da Educação do país.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO


*