Homem cria “escritório” para comandar quadrilha de assalto a coletivos

Dezenas de ladrões agiam para o homem preso e apresentado nesta quinta-feira

Depois de apresentado à imprensa Geovani de Jesus Dias vai ser levado para o sistema prisional(Foto: Divulgação/P.Civil)

Depois de um mês de investigações, policiais da 16ª Delegacia do bairro da Pituba, desvendaram um esquema para roubar ônibus nas regiões do Iguatemi, Paralela e Brotas, chefiado por Geovani de Jesus Dias, o “Pai da Maloca”, de 48 anos. Ele criou um “escritório” de comando do crime, que tinha como especialidade, o assalto a coletivos em vários pontos da cidade.

Geovani, apresentado à imprensa nesta quinta-feira(5) pela delegada Maria Selma Lima, trabalha como guardador de mercadorias de camelôs que atuam na região do Iguatemi e Rodoviária. A atividade, porém, é apenas uma fachada, segundo a delegada, uma vez que “Pai da Maloca”, que reside no bairro de Pernambués, passa o dia coordenando o esquema, que chega a atrair dezenas de jovens em busca de uma oportunidade de ganhar dinheiro com ele, por meio de roubos a ônibus.

“Aparecem adolescentes e adultos de várias partes da cidade atrás de uma chance de roubar para ele”, disse a delegada ao lembrar da fila que se forma diante de “Pai da Maloca”. A investigação apurou que o esquema ocorre da seguinte maneira: são formados trios de pessoas por roubo, que recebem armas de brinquedos. Concluído o trabalho, eles retornam e entregam as armas e o que foi roubado, são pagos e ficam aguardando nova missão.

“Na região de Iguatemi, chega-se a fazer até cinco assaltos a ônibus num dia”, revelou a delegada, que disse ainda que trios de ladrões, comandados por ele, agem também na Avenida Paralela e no bairro de Brotas. “O ‘Pai da Maloca’ seleciona os ladrões de forma que eles não fiquem muito tempo numa rota, revezando os grupos e evitando chamar a atenção da polícia”, complementou. “Pai da Maloca” seguirá para o sistema prisional.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO


*