Governo abre inscrições para auxílio permanência e estágios destinados a estudantes das universidades estaduais

Classificação dos estudantes no programa, depende da renda familiar

Estão abertas até o dia 31 deste mês, as inscrições para o Programa Mais Futuro, uma iniciativa do governo estadual, que promove o Projeto Estadual de Auxílio Permanência destinado a alunos em condições de vulnerabilidade socioeconômica das quatro universidades estaduais da Bahia – UESC, UESB, UEFS e UNEB. O objetivo é apoiar os estudantes na continuidade dos estudos, evitando o abandono do curso e contribuindo para que concluam suas graduações.

“A meta é beneficiar nove mil estudantes universitários com auxílio permanência e estágio, em investimentos que chegarão a R$ 50 milhões até o fim de 2018”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. O secretário explica que para ter acesso ao benefício, o estudante deve estar inserido em alguns critérios, como possuir registro, individual ou familiar no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); possuir renda familiar per capita mensal não superior a meio salário mínimo; possuir renda familiar total mensal de até três salários mínimos e não ter nenhum vínculo empregatício.

Os estudantes beneficiados receberão o Auxílio Permanência nos primeiros 2/3 do período de duração total do curso, tendo a opção e a prioridade para ingressar na segunda parte do projeto vinculado a um estágio de nível superior no último 1/3 de duração de curso. Os auxílios serão divididos em três tipos: Básico – valor mensal de R$ 300 para estudantes que residem no município sede do campus ou até 100 Km de distância; Moradia – valor mensal de R$ 600 para estudantes que residam a mais de 100 Km do município sede do campus e Complementar – valor mensal para estudante que já tenha benefício de outra bolsa, mas esteja abaixo do teto máximo estabelecido.

As inscrições podem ser feitas pelo site da Secretaria de Educação do Estado.

SEM COMENTÁRIOS