Empresário é preso em condomínio de luxo acusado de aplicar golpes na compra de abadás

Ele já estava com prisão preventiva decretada e logo foi encaminhado para a penitenciária Lemos Brito

Mais um integrante da quadrilha envolvida em fraudes de cartões crédito, desarticulada pelo Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), foi preso, nesta segunda-feira (12). O empresário Leandro Pereira Magalhães, o Pirulito, de 33 anos, foi preso em cumprimento a um mandado de prisão. A polícia não divulgou foto do empresário.

A ação coordenada pelo delegado Élvio Brandão, diretor do DCCP, resultou na apreensão de dezenas de relógios de marcas famosas, joias e aparelhos eletrônicos, num imóvel ocupado por “Pirulito”, num condomínio de luxo, na Paralela.

Objetos de valor apreendidos pela polícia em poder de “Pirulito”(Foto: Alberto Maraux/SSP)

As investigações conduzidas pelo Departamento revelaram que “Pirulito” está envolvido no mesmo golpe aplicado por Lucas de Oliveira Santos, de 26 anos, José Nilson Barreto, 27, e Diego Gomes Barreto, 30, presos com mais de 40 camisas de acessos de camarotes, na quinta (8).

A quadrilha utilizava dados de terceiros, inclusive estrangeiros, para emitir cartões de crédito em seus nomes. Lucas e José Nilson também estavam com as prisões decretadas e foram encaminhados ao sistema prisional, bem como, “Pirulito”. Já Lucas Santos, preso em flagrante, foi para audiência de custódia.

Participaram da operação equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE),Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) e Departamento de Inteligência Policial (DIP).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*