Crueldade: Brasileiro leva a Rússia para a prorrogação, mas perde pênalti e seleção fica fora da semifinal

O jogo foi decidido nos pênaltis, mas dependeu de um brasileiro para deixar a Rússia em condições de chegar às semifinais da Copa do Mundo 2018. Mário Fernandes, no segundo tempo da prorrogação, fez, de cabeça, o gol de empate que permitiu a disputa por pênaltis, depois de estar perdendo por 2 a 1. Nos pênaltis, porém, o brasileiro desperdiçou uma das cobranças. No fim da série, o time local foi derrotado.

No tempo normal da partida, as seleções empataram em 1 a 1, gols de Cheryshev, para os russos e KramaniĆ, ambos no primeiro tempo.

A torcida russa selenciou, quando, na prorrogação, Vida, de cabeça fez um gol, mas, nos últimos 15 minutos, após cobrança de falta, Mário Fernandes, paulista naturalizado russo.

O jogo foi para a disputa dos pênaltis e a Rússia perdeu duas cobranças, um deles de Fernandes. A Croácia ganhou por 4 a 3.

O adversário dos croatas vai ser a Inglaterra, que, na primeira partida do dia, ganhou de 2 a 0 da Suécia, gols de Maguire e Dele, um em cada tempo de jogo.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*