Copa da Rússia: Com duas mudanças na escalação, Brasil encara a Bélgica faltando quatro partidas para a grande final

Com mudanças na defesa e meio campo, equipe segue em busca de mais um título mundial

Marcelo volta ao time em lugar de Felipe Luis. Titular está recuperado de lesão nas costas(Foto: FIFA)

Brasil x Bélgica se enfrentam nesta sexta-feira, às 15h(Brasília), em Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo Rússia 2018. Sem Casemiro, suspenso pelo segundo cartão amarelo acumulado no torneio, o técnico Tite confirmou que Fernandinho será seu substituto na equipe titular.

A outra novidade é o lateral Marcelo, recuperado de lesão, que volta no lugar de Filipe Luís. “O Filipe jogou muito nos dois jogos, competem os dois. Por critério, volta o Marcelo”, explicou o treinador em coletiva na véspera da partida. Também perguntado sobre a disputa de Gabriel Jesus com Roberto Firmino, já que o reserva fez um gol contra o México e o camisa 9 ainda não marcou, Tite diz ter “atletas com características diferentes e importâncias iguais, que em algum momento podem jogar”.

Com isso, o time titular contra os belgas será Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho, Coutinho e Willian; Neymar e Gabriel Jesus. O capitão da equipe, pela segunda vez na Copa, será Miranda; o zagueiro é quem mais usou a faixa com o atual treinador no comando (quatro vezes) e nunca perdeu uma partida com esse posto.

A Bélgica tem, até aqui, uma campanha quase perfeita no Mundial, além do melhor ataque da competição: 12 gols. Na primeira fase, goleou o Panamá e a Tunísia e venceu a Inglaterra por 1 a 0. Nas oitavas, levou um susto contra o Japão, quando saiu perdendo por dois gols mas buscou a virada, se classificando com um 3 a 2. Destaque do time, o centroavante Lukaku tem quatro gols na Copa, e forma o trio que ameaça a seleção brasileira com De Bruyne e Hazard.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*