Competência: Galinho da Aratu canta alto e faz a Copa do Nordeste com exclusividade e equipe própria

Emissora faz transmissão exclusiva em canal aberto, com dois ex-integrantes da concorrente

Darino Sena agora é narrador, na Aratu(Foto: Reprodução)

Depois de vários anos de domínio completo das transmissões de futebol pela TV Bahia, afiliada da Rede Globo aqui no estado, os baianos estão tendo, agora, a oportunidade de conferir que existe vida e trabalho inteligente em outros canais. A prova disse têm sido as transmissões da TV Aratu, dos jogos da Copa do Nordeste.

A segunda mais antiga emissora de TV da Bahia, nem precisou fazer investimentos extras para formar a equipe de transmissão, mas nem por isso está fazendo feio. Darino Sena, levado para a emissora para apresentar programa que mistura jornalismo com variedade é o narrador.

Com experiência no futebol desde os tempos de assessor de imprensa do Bahia, até sercontratado pela TV Bahia para o setor de marketing e logo depois para ser comentarista esportivo, agora, na Aratu, ocupa a função de narrador. Bom de improviso e impondo estilo próprio, com irreverência, Darino nem se importa com alguns excessos, mas nada que comprometa a fidelidade na descrição os lances.

Ao lado dele, nos comentários, Matheus Carvalho, outra revelação da Rede Bahia desde os tempos da chamada TV “contêiner” – assim era tratada internamente a TV Salvador por ter parte da redação improvisada em contêiners. Promovido a repórter e logo depois editor executivo de esportes da TV Bahia, ele tem tido papel de “controlador” de alguns impulsos de Darino. Estilo sério e bem informado, o atual diretor de jornalismo da TV Aratu fala fácil e justifica a escalação para a função.

A “emissora do galinho” mandou a campo, na Copa do Nordeste que ela transmite com exclusividade em canal aberto para a Bahia, Fábio Gomes, outro que segue está na grade de programação da emissora como apresentador de programa policial com linguagem bem popular.

Para quem curte o futebol e gosta de emoção, nada melhor do que ir se acostumando com as novidades. A linha dura do estilo global, ainda que exercida com competência pela concorrência, não intimida a Aratu. Mesmo que falte o entrosamento com a operação das transmissões, de uma coisa ninguém tem dúvida: quando a bola rola, o galinho já está cantando em outro terreiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*