Com poesia especial para Saulo, Camila Marinho volta a comandar programa na TV Bahia; confira

Mais de um ano de incerteza e expectativa e, finalmente, o dia do recomeço. A jornalista Camila Marinho, que durante alguns anos esteve no comando do BATV, estreou, neste sábado(5), à frente do Sente o Som!, nova aposta da TV Bahia para garantir a audiência dos sábados à tarde.

A estrutura mostrada foi totalmente diferente do habitual nas produções baianas, ainda que o entrevistado tenha sido um dos mais badalados cantores baianos: Saulo. Sente o Som! não economizou na quantidade de câmeras, explorou ângulos diferentes e deu um tratamento especial à qualidade do som, do começo ao fim.

Camila esteve solta, livre do exigente e limitado modelo de jornalismo imposto pela emissora que ela exercia dentro do estúdio ou até mesmo como repórter, da época em que desembarcou em Salvador, vinda da TV Gazeta, de Maceió.

Em Sente o Som!, Camila preferiu deixar que a estrela do programa fosse o convidado e, sem exageros ou forçação de barra, entrou no clima, cantou e brincou durante as músicas. Mas nada que fugisse do bom senso de quem pretende enriquecer o conteúdo com o melhor dos que vão ser a estrela de cada programa: a música.

Para começar, Camila mostrou o lado poético, ao apresentar Saulo com uma poesia que ela compôs, o que deve ser, daqui por diante, a marca registrada da abertura dos programas que vão durar até o fim do carnaval de 2019.

Gravado em estúdio, com toda a banda de Saulo, Sente o Som!, certamente, foi o que o público esperava, depois de Camila Marinho ter feito um grande investimento em divulgação através de redes sociais e com os seguidores.

O programa fluiu tão bem que terminou e deixou um vazio, fazendo com que o telespectador sentisse falta de mais alguns minutos. O #AgoraNaBahia conseguiu de Camila, logo depois do programa, uma rápida declaração sobre o novo desafio: “Voltar no verão, com música de qualidade e muito calor no coração!”, mandou a apresentadora.

A poesia:

(Por Camila Marinho)

Por onde tu andas, menino baiano?
Calça teu chinelo e caminha suave …
Abre o sorriso de criança e fala mansinho

Espalha tua luz
Acende e transcende
O branco mais negro
Baiano mais africano
Axé oxente obá obaluaê
Menino da reza forte
Faz tua oração no silêncio

És melodia e poesia
Ternura de anjo
Sol, luz e luar
Ó lua
Oluas
És tu Saulo
Raiz de todo bem

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*