Carro usado para tomar cão de raça nobre de assalto pertence a dona de abrigo de animais abandonados

Ela também foi vítima dos bandidos que chegaram de bicicleta e levaram o carro na porta da casa onde mora

Em destaque, marca que a mulher diz ter identificado no carro, além do farol que não consegue ter total luminosidade(Foto: Arquivo Pessoal)

O carro usado por dois homens que arrancaram um cão da raça bulldog inglês das mãos do dono no bairro do Canela, foi tomado de assalto no Jardim das Margaridas, um dia antes. A dona do carro, “por ironia”, como ela diz, é protetora de animais e tem até abrigo para cães e gatos abandonados.

O carro foi visto pela última vez no dia em que dois homens circulavam em uma rua do bairro do Canela, à noite e avistaram um cão de raça nobre passeando com o dono. O motorista parou, enquanto o outro desceu para praticar o assalto, levando o cão que acabou encontrado no dia seguinte em uma praça da Avenida Garibaldi.

O momento em que o animal foi roubado foi filmado por câmeras de vigilância de alguns prédios e, ao ver as reportagens sobre o caso, a mulher que foi vítima dos bandidos no dia anterior, reconheceu o carro por algumas características.

O Siena, ano de fabricação 2009/2010, cor “verde lagun”, como está registrado no documento, aparenta, pelas imagens, ser de cor prata, mas isso é fruto da qualidade das câmeras de vigilância, segundo a dona, que trabalha em uma área do aeroporto de Salvador e está desesperada pois o carro não tem seguro e ela não sabe como recuperar o prejuízo.

“Os homens estavam em uma bicicleta quando me assaltaram perto da minha casa. Não tive como reagir, pois estavam armados”, conta a mulher ao #AgoraNaBahia. Ela prefere não ser identificada e diz que reconheceu o carro com certa facilidade, pois há algumas características que não deixam dúvidas:

Por esta imagem gravada por uma câmera de vigilância é possível notar que o farol do lado direito do carro não tem a mesma luminosidade do esquerdo, conforme relata a proprietária(Foto: Reprodução)

“Se você olhar bem pelas imagens das câmeras, nota que o farol direito está meio embaçado, não ilumina bem”. Ela destaca, ainda, que há uma “mancha” que aparece no capô do carro nessa filmagem. “É uma parte amassada, que ao longo do tempo estragou a pintura”, revela. A foto do veículo enviada ao #AnB, mostra esse problema.

A imagem não é clara, mas há algo que parece combinar com a parte estragada do carro que aparece na foto e também identificada pela proprietária(Foto: Reprodução)

O assalto de que a mulher foi vítima está registrado na Delegacia de Furtos e Roubo de Veículos e uma das preocupações da proprietária é que o automóvel siga sendo usado para a prática de outros crimes. Ela exibiu o boletim de ocorrência feito às 21h10, feito no dia 04 de abril. O assalto, foi no dia 05 de abril, à noite. Ela apela pela ajuda da população na localização do carro, para que possa minimizar os prejuízos.

“Eu estou desesperada em busca de informações. Já tinha programado levar o carro para fazer alguns reparos e depois trocar por algum utilitário com carroceria para transportar os meus animais e estou, agora, diante dessa situação”, relata. A mulher diz que tem comparecido à delegacia para saber notícias, mas o carro ainda não foi localizado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*