Bahia mostra Chocolate de Origem no Festival O Chocolate em Lisboa

Evento criar novas oportunidades de entrada do chocolate produzido na Bahia, entrar em um mercado super importante da Europa

A quarta edição de O Chocolate em Lisboa faz promoção do produto muito comum no sul da Bahia, em Lisboa, até amanhã(04). O evento, com mais de 80 expositores, promove o turismo, além de viabilizar a promoção e comercialização dos produtos empreendidos pela agricultura familiar, especialmente a comercialização de amêndoas de cacau e o chocolate pronto.

Há quatro anos, O Chocolate em Lisboa reúne os melhores projetos artesanais de originários do cacau, marcas nacionais e internacionais de prestígio e alguns dos mais renomados Chefes e Mestres Chocolateiros vindos de diversos países como Portugal, Bélgica, Suíça, Espanha, França, Itália, Inglaterra, São Tomé e Príncipe, Gana, Perú, México, EUA, Vietname, República Dominicana e Venezuela.

Uma das boas novidades foi a visita de Ricardo José Pedras Rodrigues Ribeiro, presidente da Óbidos Criativa, ao stand baiano. Na ocasião, foi fechada parceria entre o Festival de Óbidos e o Chocolat Festival, que está marcado para julho em Ilhéus.

Depois de anos de incertezas, a cultura do cacau na Bahia encontra novos caminhos, com destaque para o cultivo orgânico e a produção de chocolates finos. Atualmente, o estado é o mais importante produtor nacional de cacau, com grande potencial para exportação.

A presença da Bahia nos principais eventos mundiais do setor chocolateiro recebe incentivos do Governo do Estado – em parceria com a Costa do Cacau Convention Bureau e a Associação de Turismo de Ilhéus (ATIL) -, que já investiu na Costa do Cacau, consagrando o projeto Divulgação Bahia Destino – Rota do Cacau e que também contemplou a Estrada do Cacau e do Chocolate, a primeira rodovia temática do estado, localizada na BA 262, que liga os municípios de Ilhéus e Uruçuca.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*