Bacelar defende legalização dos jogos para reverter crise

Parlamentar acredita que o país possa arrecadar mais de R$ 20 bilhões com jogos de azar, hoje proibidos

O deputado João Carlos Bacelar(PTN/BA) voltou a defender a legalização dos jogos de apostas no Brasil. Nesta quinta-feira (16) o parlamentar pediu urgência na aprovação do Projeto de Lei 442/91, que está pronto para ser apreciado em plenário. Segundo ele, o Brasil deixa de arrecadar, todos os anos, mais de R$ 20 bilhões com cassinos, jogo do bicho, caça-níqueis e jogos on line.

“O Brasil movimenta cerca de R$ 50 bilhões com jogos clandestinos, por ano. A arrecadação em tributos poderia chegar a 30%. Ou seja, nós estamos perdendo dinheiro. Pelo menos R$ 15 bilhões poderiam ser investidos em áreas como educação, saúde, segurança pública e melhorar o cofre da previdência. E os benefícios não param por aí. Além dos tributos, a legalização pode gerar mais emprego e atrair o turismo. Não podemos fechar os olhos para isso” afirmou.

Bacelar ainda fez um alerta: “Mesmo sendo proibido, todos nós sabemos que as apostas continuam acontecendo. Nós temos duas saídas: ou fingimos que não existe ou encaramos a realidade e passamos a regular e arrecadar tributos para reverter em serviços para a população” finalizou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO