O uso da banana na culinária é amplo e faz parte do nosso cotidiano. A banana que consumimos hoje no Brasil, provavelmente teve origem na Ásia há mais de 4 mil anos, porém, antes da chegada dos portugueses as bananas nascidas nas terras amazônicas já eram degustadas.

A tão amada banana pode ser usada em várias etapas do seu processo de amadurecimento. A biomassa de banana verde está na moda e é feita com banana bem verde, daquelas que travam na língua! Quando a banana começa a amadurecer e a amarelar, ela adquire um sabor adocicado e um perfume característico que alguns experts de sabores dizem lembrar o cravo. Quando a banana já está bem madura e com a casca escura, ela tem notas de baunilha, mel e rum sendo ideal para fazer bolo de banana ou flambar para comer com sorvete.

Algumas receitas com banana são surpreendentes. Na última refeição da primeira classe do Titanic, aos passageiros foi servido frango empanado crocante com banana frita e broa de milho. Os filhos do Czar na Rússia, antes da revolução, comiam banana amassada com caviar no café da manhã.

Atualmente, a combinação de banana e bacon é muito apreciada e fica sensacional. Enrole fatias finas de bacon nas bananas descascadas, prenda com um palito e coloque no forno médio por uns 10 minutos virando de vez em quando até o bacon dourar.

No entanto, o sabor que mais marcou minha memória gastronômica de banana foi a tal da banana real bem baiana. Daquelas crocantes, açucaradas e com gostinho de quero mais que encontramos nas festas infantis – a melhor parte de ser convidado para aniversário de criança! A banana real é cheia das melhores tentações e de lembranças da época em que comer gordices não era pecado.

Então, cheio de saudade, fui à minha cozinha elaborar essa receita de “Banana Real com Nutella” polvilhada com açúcar, canela e noz moscada. Uma delícia!

                                     Banana Real com creme de avelã

Tempo de preparo: 1 hora de mão na massa + tempo de geladeira.
Tempo de preparo: 1 hora de mão na massa + tempo de geladeira.

Equipamento necessário

Rolo de abrir massa
Opcional: cilindro de abrir massa
Filme plástico
Papel toalha

Ingredientes

Se você usar massa de pastel pronta (por praticidade ou não querer usar glutamato monossódico), pule para o passo 10 do “Modo de fazer”.
– 500g de farinha de trigo + um pouquinho para esfarinhar a superfície
de trabalho
– 150ml de água
– ½ colher (sopa) de sal
– ½ colher (sopa) de glutamato monossódico (Ajinomoto)
– 4 colheres (sopa) de óleo de girassol
– 1 ovo médio
– 2 bananas da terra maduras

– Nutella a gosto
– Óleo suficiente para fritar por imersão
– ½ xícara de açúcar cristal (granulado) ou refinado
– ½ colher (chá) de canela em pó
– 1 boa pitada de noz moscada ralada

Modo de fazer

1. Numa vasilha, bata o ovo com um garfo. Reserve.

2. Em outra vasilha, misture a água, o sal e o glutamato até dissolver. Reserve.

3. Numa tigela grande, coloque a farinha de trigo e faça um buraco no meio.01

4. Coloque a mistura líquida reservada no buraco e acrescente o óleo e o ovo batido.
5. Com as pontas dos dedos vá juntando a massa, depois sove um pouquinho para formar uma bola.03
6. Coloque a massa numa superfície esfarinhada, abra com um rolo, depois forme uma bola novamente sovando um pouquinho para ficar uma massa lisa.04
7. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos05
8. Divida a massa em 2 partes e passe num cilindro várias vezes até ficar fina e com comprimento de mais ou menos 1 metro. Se você não tiver um cilindro, esfarinhe levemente a superfície de trabalho, coloque a massa, divida em 2 partes e abra com um rolo até ficar fina e com comprimento de mais ou menos 1 metro.6,7,8
9. Enrole a massa em filme plástico e leve à geladeira de um dia pro outro (ou por pelo menos 5 horas) para a massa descansar e não ficar dura.09
10. Desenrole a massa e vá fazendo as bananas reais da seguinte maneira: coloque uma fatia de banana da terra, uma colherzinha de creme de avelã, passe um pouquinho de água ao redor da banana para ajudar a selar a a massa, feche a massa, corte e depois faça os detalhes com um garfo. Reserve a vá fazendo o resto. 10,11,12
11. Em uma panela funda, aqueça o óleo a 180°C ou até a fritura começar a borbulhar quando você colocar as bananas reais. Depois vá fritando as bananas reais e colocando num prato forrado com papel toalha para escorrer o excesso de óleo.
12. Misture o açúcar, com a canela e a noz moscada. Passe as bananas reais nessa mistura, sacuda para tirar o excesso, sirva e seja feliz!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO