450 baianos podem ficar inelegíveis; veja a lista do TCU

Lista com todos os nomes já foi enviada à Justiça Eleitoral que decide quem pode ou não participar das eleições

Quem tem dívidas com a prestação de contas públicas, é considerado ficha suja pelo TCU e não pode disputar eleições (Foto: Reprodução)

O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou a lista de 6,7 mil responsáveis com contas julgadas irregulares. Com base nas informações, a Justiça Eleitoral poderá barrar a candidatura de quem estiver na lista nas eleições municipais de outubro, porque os eventuais candidatos são considerados inelegíveis. Da Bahia, são 450 nomes citados pelo TCU, que respondem por quase 700 processos.

Os nomes foram entregues pelo presidente do TCU, Aroldo Cedraz, ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes. A relação abrange as decisões tomadas a partir de outubro de 2008 até a data da eleição. O eventual candidato só conseguirá participar do pleito se conseguir uma liminar na Justiça.

De acordo com a Lei de Inelegibilidades (LC 64/1990), conhecida como Lei da Ficha Limpa, quem exerceu cargo ou função pública, teve as contas de sua gestão rejeitadas e não há mais como recorrer da decisão não pode se candidatar a cargo eletivo nas eleições que ocorrerem nos oito anos seguintes após a data da decisão final.

Veja, em ordem alfabética, a lista de todos os baianos citados pelo TCU, que poderão ficar inelegíveis:TCU1 TCU2 TCU3TCU4 TCU5 TCU6 TCU7 TCU8 TCU9 TCU10 TCU11 TCU12 TCU13 TCU14 TCU15 TCU16 TCU17 TCU18 TCU19 TCU20 TCU21 TCU22 TCU23 TCU24 TCU25

A lista dos responsáveis considerados inelegíveis pode ser acessada no site do TCU.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

*